terça-feira, 13 de julho de 2010

Kate (1).


Ela acordou em um sobressalto, o coração disparado. Há quanto tempo não acordava assim? Tentou enxergar mas a penumbra não permitia. Sua visão estava embaçada, deveria ter tirado as lentes antes de se deitar. Deitar, dormir? De repente, ela percebeu que aquela não era a sua cama. O lençol era macio, mas nada que se comparasse aos seus jogos de lençóis de algodão egípcio, de 600 fios. Não era todo mundo que tinha o seu bom gosto. Virou-se de um lado para o outro e tentou se aproveitar da fresta de luz que entrava pelo canto da porta. Foi em vão. Apurou os ouvidos, percebeu uma música ao fundo e barulhos de utensílios de metal. Onde estava, afinal?
Percebeu que seu casaco estava sobre a poltrona e, para seu alívio, permanecia com a roupa que usara no dia anterior.
- Pelo menos isso! – pensou ela. Olhou para o chão e viu suas botas. Como não havia ninguém no quarto, resolveu levantar-se para terminar de se vestir. Ao levantar da cama viu o seu mundo girar. Há quanto tempo não ficava de ressaca? Desde os seus 18 anos.



Era a festa de aniversário da sua melhor amiga. Kate resolveu então, preparar-lhe uma festa surpresa. Não era todo dia que se fazia 18 anos. Kate então, pediu à sua mãe que a deixasse comemorar o aniversário de Jéssica em sua casa. A mãe, Natalie, não se opôs, as duas eram tão próximas quanto duas irmãs seriam.
A decoração incluía flores, velas, balões, neons, uma verdadeira mistura de cores e estilos. Kate, aproveitou-se da oportunidade e chamou alguns modelos, que se fantasiaram, ou melhor, se despiram e ficavam desfilando de sunga por todos os lados. Jéssica chegou acreditando que aquela era a festa de despedida de solteira da irmã de Kate, Hanna. Quando percebeu do que se tratava, abriu um sorriso do tamanho do mundo e não cabia em si de tanta felicidade. Afinal, sua mãe dissera que aquele ano estava difícil, que até o seu presente seria simples e festa era algo com a qual nem deveria pensar. Foi o melhor aniversário de todos!
Ela e Kate aproveitaram até o último segundo, ou melhor, até a última garrafa de vodka. Quando Kate deu por si, já estava dançando em cima do balcão com um dos modelos. Jéssica resolveu acompanhá-la e se juntou à dupla na companhia de outro modelo. Elas nunca se divertiram tanto!
No outro dia, quando acordaram, parecia que tudo estava solto dentro da cabeça delas, até o barulho da chaleira no fogão incomodava. De uma coisa Kate estava certa, beber daquele jeito, nunca mais! Mas que tinha sido divertido, isso tinha!




Kate andou devagar até a poltrona e vestiu o casaco para se proteger do frio, já que estava em pleno inverno nova-iorquino. Sentou-se novamente para calçar suas botas e, quando terminava de subir o último zíper ouviu a porta se abrir.
- Bom dia Kate, trouxe o seu café!
Kate sentiu um arrepio frio correr dos seus pés até a ponta de seus longos e louros fios de cabelo. Quem era aquele estranho que a chamara pelo nome?

13 comentários:

Anônimo disse...

Haaa Para sill...continuaaaaa hahahahaha

Loverocklive disse...

Parabéns pelo blog, realmente magnifico, continue assim.

Samarav disse...

Aii como eu adorei.
sei bem como é isso. já me aconteceu uma coisa parecida :s
depois sempre prometemos nunca mais beber, mas é inútil que voltamos a beber ainda mais.

o texto está lindo lindo

beijo

Giovan disse...

bom, vou ser sincero...estou indo jantar, mas quando eu voltar leio e comento melhor. Sério =)...abraço

http://ahistoriacomoelafoi.zip.net/

Giovan disse...

Opa voltei....=)...belo blog, e vc tbm bela...só acho q textos menores chamariam mais atenção...abraço

cacau disse...

gostei do blog e amei o texto
sinceramente espero que tenha continuação
ressaca de vodka? sei bem como é?
se já tive algum depois da primeira? sim, sim
só mudei mesmo a MARCA da bebida
;***
parabéns

Francorebel disse...

Você escreve muito bem, parece que o seu texto vai se configurando de um modo bem natural e simples. Ótimo.

Abraço pra ti e sucesso com o Blog!

Máátheus Queiroz disse...

Gostei literatura informal são as melhores, já pensou em ser escritora?
Estou seguindo, quando tiver novidades, me avise =D


Que tal ler textos alheios baseado em um humor critico e as vezes até pessoal?
Leiam meu novo post chama-se "It's On - Camp Rock 2"

http://assunto-jovem.blogspot.com/

depois me fala o que achou, pode ser?

Não quero ganhar visitas quero que leia meu trabalho.

boa semana =D

Higor disse...

hahaha' parece que eu virei uma inspira para oos blogueiros hahahahaha
parabens flor gostei muito
se tiver continuação me avisa
se precisar de ajuda me avisa haha
tem msn ?
bijoos

PENHA''' disse...

Vou seguir, pra voltar, quero ler a continuação,
MUITO BOM *-*

Francorebel disse...

Retribuindo e agradecendo a sua ótima visita no meu Blog. Sucesso com as "Palavras ao Universo""

Abraços!!!

http://francorebel.blogspot.com/

Luiz Brisa disse...

ata
agora sakei melhor
to gostando muito
qro le a 3ª parte
xD

Henrique disse...

Nossa, adorei seu blog, visitarei frequentemente.. Muito bom mesmo.. Adorei agora vou ler a 3º parte.. BJS

Postar um comentário

Comente! É a sua chance de dizer a respeito do que leu! =)