segunda-feira, 19 de julho de 2010

Kate (4).

Dentro do táxi, à caminho do trabalho, Kate teve um vislumbre da noite anterior.


***

Eram quase dez da noite e ela ainda não estava pronta. O seu guarda-roupas já estava inteiro no chão. Não tinha uma peça que a fizesse se sentir satisfeita. A indecisão feminina, como sempre. Exausta, escolheu aquele vestido preto, sabe? Aquele que toda mulher tem um? Que não tem aquele mega decote e nem é tão curto para mostrar as belas pernas torneadas, mas aquele que se pode vestir, colocar uns acessórios e se sentir à salvo do olhar feroz das outras mulheres. Ela havia ligado quinze vezes para Adrian, seu namorado. Já repetia mentalmente a tão querida frase na voz sexy da gravação: “Este celular encontra-se desligado ou fora da área de cobertura.” De certo, Adrian devia estar terminando um projeto do trabalho, ele havia dito isso a ela dias atrás. Mas Kate queria comunicar-lhe que estava saindo com Helen. Impossibilitada, desistiu. Ele que ligasse pra ela quando tivesse um tempinho.

Quinta-feira era o dia vip da Pluss, a boate mais famosa da cidade. Sempre com cantores, modelos e artistas de Hollywood. Kate nunca ia quinta, era o melhor dia porém, o mais caro. Ela não se dava a esse luxo sempre, mas aquela era uma ocasião especial. Helen ia apresentar seu novo namorado à Kate. Ele era um advogado bem sucedido e vivia rodeado por menininhas babando por ele. Mas, para a tristeza delas, ele escolhera Helen para namorar. Talvez tenha sido por isso que Kate e Helen recebiam olhares furtivos de várias garotas e não entendiam nada. Até ouvirem uma conversa no banheiro...

A música eletrônica rolava solta e Kate estava admirada de quão sofisticada estava a festa. Quantos homens lindo à sua volta. Ela olhava atentamente cada um deles e, na falta de uma coisa melhor pra fazer, classificava-os de acordo com seu gosto e suas características. Até aquele momento, os morenos de olhos verdes estavam ganhando. Era uma delícia se divertir observando os outros até quando seus olhos pairaram sobre um casal. Ele usava uma blusa de listras azuis igual aquela que ela dera à Adrian no dia do seu aniversário, além de ter um jeito bem familiar. O clima tava tão quente que Kate se enxergou no lugar daquela mulher. Ela apertava os olhos acreditando que assim eles adquirissem a capacidade de aproximar aquela cena numa espécie de binóculos. Como não conseguiu, foi andando devagar, se aproximando lentamente e, de repente, estava tão perto que conseguiu sentir aquele perfume que ela conhecia tão bem. Olhou para os dois, que haviam se desligado do mundo naquele amasso tão intenso, contou até 10 e sua vontade era de pular no pescoço de Adrian. Resistiu. Num impulso, tocou o ombro dele, que se desvencilhou devagar sem nem se dar conta do que havia feito. Ela o fez novamente, porém mais forte. Ele apenas deu um passo para frente. Kate, porém não se conteve.

- Curtindo a festa, Adrian?

16 comentários:

Luiz Brisa disse...

pow to pagando um pau p/ sua historia
vc escreve d+
vms la rumo a parte 5
xD

Karla Hack disse...

ai como é ruim a indecisão feminina... descreveu a bem logo no início do texto...
mais um ótimo capítulo
;D

Carina disse...

Haaa que legal, parabéns, sua historia é muito boa. Escreve muito bem ;D

Bella disse...

Parece que o Adrian foi pego no flagra.. bem feito'

Rê Thuler disse...

Cade o proximo capitulo, pelo amor de DEus??
ahahahaha
adorei teu blog, vou seguir e voltar aqui para ver o desfecho dessa história.

Beeijoo...

www.desassossegonabolsa.blogspot.com

SPZ disse...

'-Bom, bem parnasiana sua história, palavras bem selecionadas.
Parabéns pelo blog;

http://s-pz.blogspot.com/

Mima disse...

huum.... não lí os outros capitulos mas se for tão bom igual esse... ai ai...

parabens!!!

me visita tbm...

http://drnanet.blogspot.com/

Suzana disse...

Nossaaaa! Que Historia shoow! tem que ter continuaaação!!!!
xD

Francorebel disse...

Boa escrita, embora não seja o tipo de texto que costumo ler normalmente... você está de parabéns e espero que a saga faça muito sucesso!

Abraço e congratulações pelo Blog!!

Francorebel.

Lucas C. disse...

Chega a ser redundante te elogiar. Todo mundo já o fez.

Mas você tem as características de uma grande escritora. Eu consegui imaginar perfeitamente a cena.

Abraço! Boa noite.

Uma menina sonhadora, mas feliz! disse...

Também não li todos, mas só pelo primeiro posso imaginar o quanto os outros. Noss, parabéns! Parabéns mesmo! =]
Dá uma olhadinha no meu:
http://cecisouza.blogspot.com/
Se gostar, segue tb *-*
Tô te seguindo ::D

Giovan disse...

é...fudeu Adrian haha

http://ahistoriacomoelafoi.zip.net/

Com amor disse...

Nossa... acabei de entrar e estou fascinada... vc é muito boaaaaa...
Adorei...
Quando der passe no meu

http://teclandocomigomesma.blogspot.com/

Marcos A. G. Carneiro disse...

Bom texto. Escreve bem, moça.

Casa do Hippie disse...

Abraços do Hippie

Anônimo disse...

Muito bom o 4... bjs

Postar um comentário

Comente! É a sua chance de dizer a respeito do que leu! =)