sexta-feira, 16 de julho de 2010

Kate (3).


Kate saiu do ar por um breve momento, seu olhar se tornou vago. Ela tentava se lembrar do que realmente havia acontecido, mas estava exaurida, suas forças haviam se esvaído. Cansada de tentar, desistiu.
- Não precisa ficar envergonhada. Meu nome é Jake e eu te trouxe pra casa porque não sabia seu endereço para levá-la de volta. Quando entramos no táxi você apagou, não me deu um segundo nem para perguntar onde morava. Sem opções, te trouxe para cá. Não tem nenhum problema, tem?
- Oh Jake, me desculpe. Eu não queria ter dado esse trabalho todo. O pior é que eu não me lembro de nada. Só alguns flashes surgem na minha cabeça de tempos em tempos.
- Eu entendo.
- Mas você não é nenhum bandido, é?
- Não Kate.
- Assassino de aluguel?
- Não.
- Gente da máfia?
- Não Kate.
- Tráfico de órgãos?
- Não, nada disso.
- Então...
Ele riu e deixou que uma mecha do seu cabelo lhe caísse sobre a testa. Com um simples movimento a jogou para trás. O que deixou Kate fascinada.
- Eu sei que você não se lembra, mas te disse isso ontem. De qualquer forma, não custa nada repetir, não é?
Kate riu envergonhada.
- Eu sou presidente de uma indústria automobilística. Meu pai fundou a empresa e, como eu sempre gostei de carros, entendia de tudo com facilidade. Com o passar do tempo, meu pai percebeu que eu tinha aptidão pra coisa. Me formei em administração e em engenharia e fui assumir os negócios da família.
- Nossa, você assim, tão novo, nem parece...
Dessa vez, foi Jake quem riu. Kate tinha uma maneira sutil e eficaz de arrancar-lhe sorrisos. Ele estava encantado.
- É, novo nem tanto. Mas meus 33 anos foram bem vividos.
Ela ficou surpresa, eram muitas informações para serem absorvidas em um espaço de tempo tão curto.
- Bom Jake, a conversa tá ótima e apesar da ressaca, estou bem. Já são quase oito horas e eu preciso trabalhar, mas você se importa de me dizer o que aconteceu?
Jake parou por um momento e pela primeira vez não sabia o que fazer. Deveria realmente contar o que havia ocorrido?
- Kate, me desculpe, você pode não gostar muito do que eu vou dizer, mas...
- Fala logo, assim eu fico mais preocupada. Eu fiz algo grave assim?
- Não, na verdade você se esbarrou em mim sem querer, tropeçou no meu sapato e ia caindo quando eu te segurei.
Com um deus grego daquele – pensou Kate – era bem capaz dela ter feito de propósito.
- Eu vi que você estava um pouco transtornada – continuou ele – e a levei pra sentar.
- Ahn, muito obrigada. Eu devia estar ruim mesmo, nem me lembro da última vez em que bebi tanto. De repente Kate ficou paralisada – Mas se ontem não era dia de nenhuma comemoração especial, porque eu só bebo em datas assim, porque então eu bebi tanto que não me lembro de nada? Alguma coisa aconteceu ou...
- É, você viu se namorado beijando uma outra mulher.
Kate havia esquecido completamente.

8 comentários:

Karla Hack disse...

Acho que já li uma das partes deste seu texto...
Cada vez melhor...
Me deixou com uma certa ansiedade para a p´roxima linha..
Muito bom!
;D

Fernanda Maria disse...

Nossa adorei esse texto, vai ter continuação???
Vou voltar pra ler mais, o blog é bem bonito, gostei muito.

Thamires Viel disse...

Vou ter que admitir que entrei aqui somente para comentar, pois te vi nos topicos da comunidade.
Mas depois de ler algumas coisas escritas aqui, devo confessar de que foi a melhor coisa que fiz
Parabens, estou seguindo para não perder de vista tamanho talento ! rs

Higor disse...

hahahah me passou mesmo ein
to vendo que nossos textos sao ate parecidos / no fundooo hah

http://higor-68sp.blogspot.com/

Érica Fernanda. disse...

Parabéns!
Muito bacana seu blog.
bjoss

Luiz Brisa disse...

pow vo fala oq/
ta d+ to adorando*-*
vc eh mow escritora xD
ta otima a historia aproveita faz uns 50 partes q ta otimo
qro le tdas
xD

Lucas C. disse...

Adoro esse estilo de escrita!

Eu vi seu blog pelo da Thamires.

Parabéns pelo texto. Não tenho muito o que dizer sobre ele, dessa vez.

Até a próxima postagem! ;)

Natália disse...

Sis..voce podia assim posta a historia td de uma vez q to curiosa..hahahhahahahah
beijoooo
amooo!

Postar um comentário

Comente! É a sua chance de dizer a respeito do que leu! =)